terça-feira, 22 de julho de 2014

Amor de Cão!

Ontem apanhei o anuncio da Associação Animais de Rua e aquilo mexeu comigo!


1 em cada 30 pessoas abandona o seu anima de estimação no Verão!! A SÉRIO?!?

Eu tenho um cão, toda a minha vida fui tendo animais de estimação, e nunca, mas nunca abandonar um deles me passou pela cabeça. 
O meu cão é parte da família, na realidade é quase como um filho para mim. No fim-de-semana passado tive de ir com ele de urgência para o veterinário porque comeu algo que não devia sem ninguém dar conta, e quando dei por isso estava cheio de febre, prostrado num canto sem se mexer. Foi com um aperto que conduzi os 10 minutos que me separam do veterinário a temer o pior... 

E depois há pessoas que abandonam os animas? Mas como? Como é que é possível abandonar um ser que alimentamos? Que depende de nós para tanta coisa? Como é que é possível abandonar um ser que faz um festa cada vez que nos vê entrar pela porta ao fim do dia (E senhores custa-me tanto fechar esta porta de manhã com ele sentado a olhar para mim, como que a pedir "Não me abandones, não me deixes aqui sozinho!)? Como é que existe alguém capaz de maltratar um animal que a única coisa que sabe fazer é dar amor, ser fiel, proteger? Será que estas "pessoas" não têm sentimentos? COMO?! Expliquem-me como?!

O meu cão, O William, Willy para os amigos ;b, é completamente indispensável à minha felicidade. Ele sabe sempre animar-me, até as lágrimas me lambe quando estou em baixo. Sabe saltar para cima de mim e dormir no meu colo quando estou a trabalhar, só para ficar perto mas sem me incomodar. Isto não é amor? É amor sim, amor incondicional. E um amor incondicional não se abandona, não se maltrata! Faz parte de nós e é nosso dever e obrigação estima-lo o melhor que podemos e sabemos. 


O meu Willy fez de mim uma pessoa melhor. Mais responsável, mas compreensiva, mais amada, mais feliz...

Pelo que continuo a não compreender como é possível ficar com um animal para depois o abandonar... Não entendo. Para que é que raio querem um cão se depois não podem viver com? Se não o podem sustentar? Para quê?! Os animais não vão ser pequeninos a vida toda, não vão ser sempre fofinhos, dão trabalho, fazem asneiras, requerem atenção. No verão é difícil ter de levar mais a tralha toda do animal atrás, ou arranjar alguém que olhe por eles uns dias... Mas vale tanto a pena!!

Ainda assim deixo o meu apelo, ponderem todas estas situações e não adoptem um animal que depois não possam criar. Mas acima de tudo não abandonem os animais! Se por algum motivo não poderem ficar com eles, tentem arranjar-lhe uma casa nova, não os deixem na rua à mercê do tempo, sem agua nem comida... Por favor!

Sem comentários:

Enviar um comentário