domingo, 6 de outubro de 2013

A água pode fazer a diferença.

Eu sei que já falei de água, mas ontem encontrei um artigo super interessante das meninas do Tone it up. Elas propuseram um desafio às sua leitoras que eu quero partilhar com vocês, porque o vou fazer e se houver por aí alguém para o fazer comigo e partilhar as experiências, eu ia gostar muito. 
Basicamente elas pedem para bebermos metade do nosso peso(elas são americanas por isso é metade do peso em pounds, nos que usamos kg é um pouco diferente) durante 8 semanas, ou seja, é a tal formula que vos falei aqui, dividem o vosso peso por 20 e têm os litros que devem beber por dia. Bebam-nos durante 2 meses e é certinho que terão resultados.

E porque é que é tão importante? Porque a água acelera o metabolismo e limpa no nosso sistema interno. Como? Através do fígado, que tem como uma das funções partir as células de gordura e usa-las como energia. Se o nosso nível de hidratação descer os 80% o fígado e os rins têm dificuldade em trabalhar correctamente, e como os rins têm prioridade, o fiado faz o que pode com a água que sobra. Mas se o fígado não faz o seu trabalho correctamente, o nosso corpo não consegue quebrar as células de gordura para usar como energia, logo a nossa percentagem de massa gorda aumenta. 

Solução? Beber bastante água para quebrar as células de gordura e transforma-las em proteína, que se transforma em músculo quando fazemos exercício.
                                                                   

E quanta agua é suficiente?
Mais uma vez, só têm de dividir o vosso peso por 20 (ex. 50,2kg/20=2,51L).
Além disso ajuda a enganar a fome, deixa a pele mais brilhante e reduz aquela sensação de inchaço no fim do dia, por isso tenham sempre agua por perto e vão bebendo ao longo do dia. Arranjem lembrete para se lembrarem, ou um aplicação e vão riscando no calendário os dias que vão conseguindo. 
Eu tenho conseguido beber 3L desde o dia 23 de Setembro, mas vou começar hoje dia 6 de Outubro até ao dia 6 de Dezembro. Quem está comigo?

Sem comentários:

Enviar um comentário